2009, Cinema, Críticas

Inimigos Públicos (2009)

Um ótimo filme de ação, muito acima dos demais. O filme talvez peque na falta de profundidade dos personagens.

Na década de 30, os Estados Unidos estava em uma das piores crises de sua história. Depois do Crash da Bolsa de 29 o país se encontrou totalmente debilitado. Grande parte da população estadunidense culpava os bancos pela grande depressão.

No novo filme do diretor Michael Mann, somos apresentados a um dos maiores ladrões de bancos da época. Em “Inimigos Públicos” Mann conta a história de John Dillinger (Johnny Depp) considerado por alguns um criminoso perigoso e por muitos, idolatrado por roubar bancos nunca assaltando as pessoas.

Falando em Michael Mann logo associamos ótimos filmes de ação, o diretor tem uma capacidade incrível em cenas de tiroteio e perseguições. Talvez seja o melhor nesse quesito. Em “Fogo contra Fogo” com Al Pacino e Robert de Niro temos uma cena sensacional de tiroteio em uma rua lotada, onde o cineasta viaja com sua câmera por todo o redor.

Mann dirigiu também os excelentes “O Informante” com Al Pacino e Russel Crowe, “Ali” com Will Smith, “Colateral” com Tom Cruise e James Fox, “Miami Vice” com o próprio James Fox e Colin Farrell e os clássicos “O Ultimo dos Moicanos” e “Caçador de Assassinos”.

A maioria dos trabalho de Mann tem como prioridade as cenas de ação, porém em seus outro trabalhos isso não incomodava tanto. Já em “Inimigos Públicos” particularmente atrapalhou. O próprio título do filme já diz tudo, os inimigos totalmente declarados e públicos. John Dillinger (Johnny Depp) X Melvin Purvis (Cristian Bale). Mas o filme é digamos 80% nas costas de Depp, deixando Bale como um mero coadjuvante, sem nenhum aprofundamento sobre seu personagem. A mesma coisa acontece com sua namorada Billie Frechette (Marion Cottilard) ela é totalmente “enfiada” na história ao acaso sem o mínimo cuidado.

Apesar do grande descaso, Cristian Bale consegue desenvolver bem o seu trabalho. Assim como em “Batman – O Cavaleiro das Trevas” Bale consegue convencer. Pena que Mann errou, o filme poderia ser uma obra-prima. Marion Cottilard além de linda é uma das atrizes com maior potencial, ela levou o filme “Piaf – Um Hino ao Amor” praticamente nas costas, levando o Oscar de Melhor Atriz e abrindo todas as portas de Hollywood – merecidamente.

Johnny Depp é a figura central – mais do que o ideal – mas nem por isso o filme e sua atuação é ruim, muito pelo contrário o ator caiu bem nas peles de John Dillinger. Muitas vezes é difícil imaginar Depp na pele de alguém normal, como quase em todos seus trabalhos ele sempre é um esquizofrênico, anormal ou algo do gênero, vide a trilogia “Piratas do Caribe”, “Edwards Mão de Tesoura” , “Sweeney Todd – O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet” e mais recentemente o ainda inédito no Brasil “Alice nos País da Maravilha” no qual ele interpretará………. O Chapeleiro Maluco. Nem por isso Depp não é um bom ator, muito pelo contrário é um ator totalmente versátil e talentoso.

Comecei falando sobre os pontos negativos pois eu sentia que esse poderia ser O Filme de 2009. Uma ótima idéia, grandes atores e um belíssimo diretor. Tinha tudo pra dar certo. Até deu certo, mas ficou um gostinho de quero mais. Tirando a falta de profundidade dos atores de Bale e Cottilard o filme é perfeito. Do começo ao fim é pura adrenalina, Michael Mann é o mestre em cenas desse tipo. Que cena em que Johnny Depp está encurralado em um hotel totalmente cercado…. que seqüência… Meu Deus!! Com uma montagem totalmente cuidadosa Mann deixa apenas alguns rastros de luz em meio à escuridão, os clarões dos tiros dariam ótimos fotogramas.

A reconstrução da época também é perfeita não só pelos carros e roupas utilizados, mas muito pela ideologia da época. Mann mostra com clareza que desespero passava a população depois da Grande Depressão, ao ponto de começar a apoiar um assaltante de banco, o tratando como um Robin Hood, na idéia de rouba dos ricos e dá aos pobres, apoiando uma rebeldia contra o governo.

“Inimigos Públicos” é um filme muito acima da média, intenso e envolvente o filme me agradou e muito. Está entre os Tops entre filmes de ação. Agora o tratando como um filme acima dos demais ele precisava ser mais completo, o roteiro precisava de mais alguns meses de revisão.

Um ótimo e intenso programa.

Nota: 8,0


Um comentário em “Inimigos Públicos (2009)”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s