A Rede Social (2010)

David Fincher elabora um thriller inteligente e moderno, contando de maneira ágil a criação do Facebook.


Você provavelmente jamais deve ter ouvido falar no nome de Mark Zuckerberg (eu pelo menos, nunca), porém é certeza que já tenha se aventurado em alguma ferramenta de relacionamentos, entre as mais famosas, se encontra o Facebook, criação do “desconhecido” e o jovem mais milionário do mundo mencionado acima.
Baseado no romance “Bilionários Por Acaso – A Criação do Facebook – Uma História de Sexo, Dinheiro, Genialidade” de Ben Mezrich, o nomeado diretor David Fincher elabora “A Rede Social”, uma produção de narrativa envolvente e, sobretudo, instantânea.

Em uma noite de outono, em 2003, graduado em Harvard e gênio em programação de computadores, Mark Zuckerberg (Jesse Eisenberg) senta diante de seu computador e, acaloradamente, começa a trabalhar em uma nova ideia. Contando com a ajuda de seu amigo Eduardo Saverin (Andrew Garfield) e com as dicas do empresário Sean Parker (Justin Timberlake) e no furor dos blogs e programação, o que começa em seu quarto logo se torna uma rede social global e uma revolução na comunicação: o Facebook. Em apenas seis anos e 500 milhões de amigos mais tarde, Mark Zuckerberg é o mais jovem bilionário da história… Mas, para este empresário, o sucesso traz complicações pessoais e legais.

A grande característica da internet, absolutamente é a velocidade com que, por exemplo, uma notícia consegue atingir todos os cantos do mundo. Baseando-se então nesta grande e ligeira transmissão, Fincher escolhe estruturar seu filme de forma igualmente acelerada, apoiando-se em uma fantástica edição de Kirk Baxter e Angus Wall e no grande roteiro de Aaron Sorkin (“Questão de Honra”), procurando dessa forma ‘agilizar’ a narrativa de ‘A Rede Social’. Jesse Einsenberg realiza uma função primordial neste quesito, ao por horas, intencionalmente, ser extremamente incomodo ao público, dialogando de maneira desenfreada.

O grande problema de ‘The Social Network’ é seu constante distanciamento com o público. Assim que Fincher elabora uma teia de aranha encorpando assim seu thriller moderno, acaba esbarrando nas limitações propostas pela história em si. Uma história que caberia muito bem em um documentário, acaba aprisionando o diretor David Fincher nas próprias barreiras da verídica criação do Facebook. Então ao mesmo tempo em que Fincher transforma uma história interessante, porém simples, em um thriller inteligente, acaba limitando-se somente a este quesito, explorando de maneira superficial o drama vivido por seus personagens.
Toda a trama se inicia por uma desilusão amorosa, então logo textualizamos que toda a trajetória de Mark seria moldada por seus sentimentos, porém a parte dramática de ‘A Rede Social’ é praticamente nula, sendo este seu grande ponto fraco.

Os atores Justin Timberlake (?), Andrew Garfield (o novo Peter Parker) e Jesse Eisenberg (“Zumbilândia”) conseguem realizar atuações corretas. Com destaque para a ótima trilha sonora de Trent Reznor e Atticus Ross (“Seven – Os Sete Crimes Capitais”), a fotografia de Jeff Cronenweth (“Retratos de uma Obsessão”) e o já mencionado roteiro e edição, concretizam ‘A Rede Social’ com uma apuração técnica muito acima da média.
Chegando a direção de David Fincher encontramos mais um grande trabalho. Mantendo uma média inferior aos seus outros trabalhos como “O Curioso Caso de Benjamin Button” e “Clube da Luta”, este deve ser um de seus filmes menos comerciais, mas que ainda assim conseguiu um grande êxito de crítica e bilheteria, podendo levá-lo, a ainda inédita, consagração no Oscar.

Mesmo sofrendo em sua empreitada final, “A Rede Social” é um filme instigante e com grande apuração técnica, transformando um assunto que poderia tranquilamente ser relatado em um documentário em um grande thriller da nova geração da internet. “Você não ganha 500 milhões de amigos sem fazer alguns inimigos” como diz em seu pôster. Então podemos colocá-lo como um filme que trará mais amigos, do que inimigos.

Nota: 8,0

por Filipe Ferraz

3 comentários sobre “A Rede Social (2010)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s