2010, Cinema, Críticas

Inverno da Alma (2010)

Coragem e emoção em meio à mentira fazem de ‘Inverno da Alma’ um filme denso, frio e impiedoso. Um drama perfeito


Ree Dolly (Jennifer Lawrence) tem apenas 17 anos e precisa encontrar seu pai desaparecido, pois esse deixou como garantia de sua liberdade condicional, a casa onde ela vive com sua mãe e dois irmãos. Ree então terá que se envolver com pessoas que não deve, e tentará quebrar o silêncio que existe no caso do pai dela. Em meio a injustiças, mentiras e sofrimento, ela descobrirá que existem problemas em que a solução, muitas vezes não é fácil, e é necessário força para fazê-la.

O drama em si é um gênero que vem sendo ‘maqueado’ nos ‘dramas atuais’, com cenas cômicas ou exageros dramáticos, mas em “Inverno da Alma”, tudo acontece na medida certa.
O filme é poderoso e rico, um tipo de ‘noir’ moderno bastante realista. O filme é baseado em um romance homônimo de 2006 do autor Daniel Woodrell

‘Winter’s Bone’ mesmo sendo um filme pequeno, mostra que o cinema norte-americano não se resume só a ‘blockbusters’ com muitos efeitos para arrecadar grandes bilheterias, pelo contrário, filmes como esse são aqueles em que, ou agrada por completo a quem assiste, ou desagrada. O suspense do filme e o drama estão em cenas com fortes diálogos e poucos atrativos visuais. A fotografia do filme e as locações contribuem muito para o jeito em que o filme se desenvolve.

O filme se torna mais instigante pela proximidade com o real e a credibilidade que o elenco dá ao enredo do filme. A atriz principal, Jennifer Lawrence, está pela primeira vez como protagonista em um longa e recebeu muitas, e merecidas, indicações à prêmios como o Globo de Ouro, Bafta, SAG Awards e Oscar pela sua sincera atuação em‘Inverno da Alma’; O trabalho do ator John Hawkes no filme também é um dos mais puros e profundos e fez com que ele também recebesse algumas indicações à prêmios.

O filme é simplesmente espetacular e consegue mostrar toda sua carga emocional de uma maneira objetiva: ‘Inverno da Alma’ não é filme com cenas rápidas e por isso muitas pessoas o julgam cansativo, porém existe uma diferença entre um filme bom que se desenvolve de maneira lenta e um filme parado sem atrativo algum, mesmo com vários apelos visuais.

Nota: 9,0

por Ávila Souza

3 comentários em “Inverno da Alma (2010)”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s