2010, Cinema, Críticas

Minhas Mães e Meu Pai (2010)

A comédia tem um incrível roteiro, e um elenco excelente, mas em alguns momentos eles não andam juntos


Na história temos um casal de lésbicas, interpretado por Julianne Moore e Annette Bening, que resolvem ter dois filhos, cada mãe tem um, do mesmo doador de sêmen. Quando a filha mais velha (Mia Wasikowska) completa 18 anos e o mais novo (Josh Hutcherson) 15 anos, eles decidem descobrir quem é o seu suposto pai. Eles entram em contato com o hospital em que as mães engravidaram e conseguem o nome de Paul (Mark Ruffalo). Os filhos e as mães começam a tentar se relacionar com o ‘novo membro’ da família e um fato inusitado abala todas as estruturas da ‘família moderna’.

Todo o elenco trabalha com uma sintonia incrível mesmo, em alguns casos,alguns detalhes técnicos fazem parecer que em algumas cenas eles fiquem um pouco desconfortéveis. Annette domina as cenas em que aparece, Julianne e Mark estão muito naturais em seus personagens, bem como Mia Wasikowska que aqui demonstra emoções (diferente de sua fraca atuação em Alice no País das Maravilhas) e Josh que, mesmo aparecendo pouco, mostra segurança em sua atuação.

O filme apresenta algumas cenas de insinuação de sexo, porém, não se vê nada de apelativo ou de ‘sensual’, tudo está voltado para a comédia e desenvolvimento das idéias. O roteiro do filme é muito bem escrito e original. A direção do filme é de Lisa Cholodenko, mais conhecida por dirigir alguns capítulos de séries como ‘Hung’ e ‘Sex Feet Under’. O objetivo da comédia-drama não é tomar como certo e defender o ponto de vista dos homossexuais, mas mostrar como as relações entre pessoas que pensam diferentes podem ser mais difíceis do que parece, e que diálogo resolve boa parte desse problema. Minhas Mães e Meu Pai é divertido, um pouco ousado, mas muito inteligente.

Minhas Mães e Meu Pai é um filme de uma boa premissa, mas faltou em algumas partes uma participação maior de todo o conjunto de ‘cast & crew’; tentando colocar de uma maneira mais clara, você vê que todos que trabalham ali têm talento e potencial, mas em algumas horas, por mais que eles se esforcem algo da parte técnica prejudica o elenco ou vice-versa. O filme foi indicado a 4 Oscar, incluindo ‘Melhor Filme’ e pode ser uma surpresa na categoria ‘Roteiro Original’ que, mesmo tendo O Discurso do Rei e A Origem como favoritos, geralmente premia filmes em que a história é simples, atual e deveras original como Pequena Miss Sunshine e Juno.

Nota: 7,0

por Ávila Souza

Um comentário em “Minhas Mães e Meu Pai (2010)”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s