2011, Cinema, Críticas

Sexo Sem Compromisso (2011)

Engraçado, algumas vezes ágil, mas bem limitado


Adam (Ashton Kutcher) e Emma (Natalie Portman) se conhecem quando são adolescentes em um acampamento e passam a se reencontrar durante diferentes períodos de suas vidas. Até que 15 anos depois do dia em que se conheceram eles passam a se relacionar de uma maneira muito moderna, eles se encontram, transam e continuam suas vidas, sem nenhum compromisso. Porém, quando se tem a mais íntima das relações que pode haver entre duas pessoas é inegável que outros sentimentos apareçam.

As comédias românticas dos últimos anos têm se mostrado bastante limitadas, seja no elenco, roteiro, ou até mesmo no sempre previsível final. Para um filme desse gênero se tornar bem sucedido, deve haver nele algum diferencial em um desses pontos citados. Antigas comédias românticas tinham roteiros premiados e sucesso de bilheteria como Se Meu Apartamento Falasse, (com o incrível Jack Lemmon) e O Pecado Mora ao Lado (com a linda, porém ‘canastrona’ Marilyn Monroe, que era um atrativo a parte), porém, hoje o gênero não vem recebendo um ‘tratamento’ especial como outrora, uma das comédias ‘atuais’ que conseguiu ser inteligente, original, e não menos romântica é Simplesmente Amor (2003).

Mas voltando ao filme, Sexo Sem Compromisso cumpre seu papel dentro de seu gênero ao consiguir tirar algumas risadas. Os dois atores principais estão bem em seus personagens, porém não consigo ver Ashton Kutcher a altura de Natalie Portman. Em muitos casos, personagens como ‘Emma’ são interpretados por atrizes que ainda estão em início de suas carreiras e/ou sejam atrativos para uma grande bilheteria; nenhum deles (eu acredito) é o caso de Natalie Portman, uma atriz recém ganhadora de um Oscar e com personagens marcantes em sua jovem carreira. Já Ashton está, mais uma vez, em sua zona de conforto.

Sexo Sem Compromisso diverte mas mantém a receita das comédias românticas atuais, um casal principal com altos e baixos, tanto na história como nas atuações e um elenco de apoio que com algumas das melhores tiradas do filme. É um filme que você paga para ver o que já foi visto, porém sabe que vai se agradar (ou não, vai depender se o gênero em si agrada a quem assiste).

Nota: 6,0

por Ávila Souza

2 comentários em “Sexo Sem Compromisso (2011)”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s