2011, Cinema, Críticas

Pânico 4 (2011)

Mesma fórmula, novas ‘regras’ e muitas mortes formam o melhor filme da franquia


O que aconteceu em 1996 na cidade de Woodsboro marcou de maneira negativa a vida de Sidney Prescott (Neve Campbell) e dez anos após o último dos ataques do ‘ghostface’, Sidney consegue voltar para a cidade para o lançamento do seu livro provando que conseguiu esquecer, ou conviver com os fatos do passado. Porém quando tudo parecia estar em ordem, o assassino volta a atacar e Sidney contará mais uma vez com a ajuda da jornalista Gale (Courtney Cox) e do marido dela, agora xerife, Dewey (David Arquette).

As ironias e as sátiras já aparecem nas primeiras cenas do filme. A metalinguagem está presente em quase todas as cenas do filme, porém dessa vez as produções citadas são as que se desenvolveram nos últimos dez anos, como Jogos Mortais e Premonição. Eis o grande diferencial dos filmes ‘Scream’, a maneira com que ele dialoga com os clichês dos filmes de terror, e nesse, com comédias e até filmes policias, chegando até mesmo a ser um atrativo tão forte quanto as mortes e os sustos. O diretor Wes Craven soube utilizar o espaço de 10 anos e ‘inovar’ no suspense. As comparações com os filmes anteriores são quase inevitáveis, muitas vezes temos a impressão de que o suspense já não vai mais acontecer da maneira que fora feito na década passada, mas algumas cenas ainda conseguem ser surpreendentes.

O filme acontece nos moldes dos anteriores, muitos jovens que sempre tem alguma razão para parecerem suspeitos, muitas belas jovens atrizes (de seriados) que sabemos os destinos de seus personagens, sustos regulares, bom suspense, muita ironia, muito sangue e o trio imortal que compõe o elenco principal. Voltando a falar de referências, outro ponto interessante de Pânico 4 é que as regras de filmes de terror que são citadas, tanto de continuações quanto de ‘remakes’ se aplicam no filme, e mesmo o espectador sabendo disso, o filme consegue romper com o que é esperado.

Wes Craven provou que sabe como dirigir um filme de ‘terror’ em diferentes décadas e ser bem sucedido na maioria das vezes. Para todos aqueles que esperaram uma década pelo próximo filme e temiam o resultado, em vista do desastroso Pânico 3, o filme redimi uma das franquias de terror mais populares do cinema.

Nota: 9,0

por Ávila Souza

3 comentários em “Pânico 4 (2011)”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s