Assassino Invisível (2014)

A história é genérica a praticamente 90% dos exemplares do gênero, porém ganha consistência graças a bela direção de Alfonso Gomez-Rejon (um dos diretores da série American Horror Story) que consegue balancear com a também eficiente fotografia um tom sempre dúbio e controverso sobre o que de fato está acontecendo e o que é uma referência ao longa de 76, assim como rimas narrativas inspiradas (como Jami olhando através do trem no ato final do longa). Dentre seus “parceiros do gênero”, este terror ao menos não ofende, além de entregar grandes momentos, como também é claro, apresentar ao grande público a ótima Addison Timlin.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s