Jogos Vorazes (2012)

Conduzido de maneira impressionante pelo diretor Gary Ross, Jogos Vorazes surpreende ao criar de maneira cuidadosa o cenário e mundo fantasioso(com várias referências que podem ser empregadas em nosso cotidiano) da obra de Suzanne Collins, tendo uma primeira metade espetacular, onde cada passo escolhido por Ross, em conjunto com os roteiristas, é fundamental no desenvolvimento dos personagens centrais e de pequenos “estilhaços” da real trama – ainda não totalmente revelada – de Jogos Vorazes.

Mesmo que encontre uma barreira em sua metade final e clímax (a condução do romance e desfecho final é ineficaz) Jogos Vorazes é suficientemente tenso e bem dirigido para justificar seu sucesso.

4s

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s