Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força (2015)

Star Wars: The Force Awakens

Direção: J.J. Abrams
Roteiro: J.J. Abrams (roteiro), Lawrence Kasdan (roteiro), George Lucas (personagens)
Gênero: Ação/Aventura/Ficção Científica
Origem: Estados Unidos
Duração: 136 minutos
Tipo: Longa-metragem
Elenco: Harrison Ford, Mark Hamill, Carrie Fisher, Daisy Ridley, John Boyega, Adam Driver, Oscar Isaac, Anthony Daniels, Kenny Baker, Peter Mayhew, Domhnall Gleeson, Lupita Nyong’o, Andy Serkis, Max von Sydow, Gwendoline Christie, Warwick Davis, Greg Grunberg, Maisie Richardson-Sellers, Miltos Yerolemou, Pip Andersen, Dixie Arnold, Jessica Henwick, Billie Lourd, Iko Uwais, Yayan Ruhian, Crystal Clarke, Leanne Best, Simon Pegg, Ken Leung.

Sinopse: Três décadas após a derrota do Império Galáctico, uma nova ameaça surge. A Primeira Ordem tenta governar a galáxia e só um novo grupo de heróis, juntamente com a ajuda da Resistência, pode detê-los.

Partindo-se da premissa de um renascimento da franquia Star Wars, o sétimo episódio, O Despertar da Força, não tem vergonha em se utilizar da estrutura de Uma Nova Esperança, podendo ao mesmo tempo ser encarado tanto, evidentemente, como uma continuação do Episódio VI, como também uma releitura do capítulo IV. A plote segue caminhos semelhantes, a jornada do herói tem suas etapas claras, a figura do mentor, confrontos surpreendentes e o carisma dos personagens, que deixa a unidimensionalidade de lado e desenvolve não só a dupla de protagonistas Rey e Finn (Daisy Ridley e John Boyega, respectivamente, em grandes performances) como também o vilão Kylo Ren (vivido de maneira surpreendente por Adam Driver que concebe um personagem com aparente insegurança e imaturidade, de fundamental importância para o amadurecimento da saga em seus futuros capítulos) fazendo com que todos os elementos de O Despertar da Força, nas mãos de um seguro J.J. Abrams, dialoguem diretamente com Uma Nova Esperança, mesclando um intenso clima de nostalgia e homenagem com uma áurea que só podia ser de Star Wars.

Felizmente o resultado é um interessante recomeço para Star Wars, respeitando a mitologia da saga, trazendo novamente personagens icônicos, apresentando os novos protagonistas de maneira cuidadosa e repaginando para uma nova geração aquela aventura de 38 anos atrás, encaminhando um verdadeiro redespertar para Star Wars.

4 comentários sobre “Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força (2015)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s