alt

Game of Thrones – 8 Temp. Epi. 5


Sinopse:

Jon chega em Pedra do Dragão para se reunir com Daenerys que está em estado depressivo, ambos partem para Porto Real para o confronto final com as tropas de Cersei e a disputa pelo trono.


Data de lançamento: 12 de Maio de 2019 (1h 10min)
Direção: Miguel Sapochnik
Série: Game of Thrones
Temporada: Oitava
Episódio: 5 (The Bells)


Opinião:

Spoilers

É um episódio incrivelmente bem filmado por Sapochnik, que consegue inserir um notável clima de tensão em diversos momentos: Toda sequência em Porto Real, onde o diretor utiliza Arya como artifício para enclausurar o espectador na destruição da cidade é inteligente e bem executado.

Alguns pontos entendo como desnecessários, como os duelos individuais e, portanto, inverossímeis dentro de uma batalha, como de Montanha x Cão e Jaime x Euron (esse último ainda pior). Entendo que dramaticamente seja um desfecho interessante para os personagens, mas tanto do ponto de vista estético como racional são duelos muito abaixo do restante do episódio.

Mas o grande e polêmico momento é de fato quando Daenerys decide queimar e destruir toda Porto Real, matando não só o exército Lannister e a Frota Dourada, como também inocentes. Esse é um ponto crucial para você gostar ou não do desfecho da série. Outro ponto seria o de não gostar da morte de Cersei, o que é muito mais um problema de expectativa criada por cada um do que propriamente de roteiro.

Voltando a Daenerys, do meu ponto de vista é algo absolutamente coerente com o que foi apresentado durante toda a série. A Quebradora de Correntes desde o começo de sua epopeia rumo ao Trono teve traços de tirania, e não foram poucos os momentos – podemos nos lembrar de quando torturou, matou e fez questão de pendurar mestres de escravos; fez um acordo com um mestre e segundos depois rompeu com sua palavra e queimou-o; matou o pai e irmão de Sam; e neste mesmo episódio queimou Varys.

Outro ponto que gosto de salientar é que, por mais que tangencie um discurso populista de Daenerys, sua real intenção nunca foi “salvar Westeros”. Ela sempre foi muito clara que seu destino sempre foi o Trono e faria de tudo para conquistá-lo. Conquistou o Trono (ao menos temporariamente), mas perdeu quase tudo que tinha: Kal Drogo, dois dragões, Missandei e Jorah. Do ponto de vista emocional só lhe restou um dragão e Jon Snow (que deixou subentendido que não se relacionará com sua, agora, tia).
O isolamento de Daenerys, aliado com traços de tirania já demonstrados, portanto, justificam sua sanguinária escolha. Resta agora saber qual será o desfecho de sua história e consequentemente da série.


Um comentário sobre “Game of Thrones – 8 Temp. Epi. 5

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s